30 de ago de 2010

A Experiência da Viagem ao Nosso Lar

"Uma manhã tranquila e quente em Brasília e fui em direção a um dos maiores shopping de Taguatinga (DF). Lá ocorreria a nossa sessão especial. 100 pessoas ao todo compraram ingressos para ver o filme junto com a nossa equipe. Foram ao todo duas salas passando o filme no cinema e acredito que mais de 200 pessoas assistiram a pré-estreia.

Muitos bem animados, outros nem tanto pois ainda era de manhã, mas então as luzes se apagam e núvens aparecem junto com aquela música que emanou no ambiente da sala e então aparece aquele grande nome cristalizado na tela: Nosso Lar.

As cenas passavam mostrando todos os 54 capítulos do livro: Muitos que estavam lá me confessaram após a sessão que ficaram com medo do umbral. Tudo bem. O ínicio da vida de André Luiz no plano espiritual realmente foi marcada por este início. Brevemente o Ministro Clarencio aparece emanando luz naquele ambiente sombrio e então marca a nossa chegada a Nosso Lar de fato, cercada por aquela grande muralha.

Ali começa um filme de verdade que merecia ter sido gravado em 3D. Os efeitos eram fantásticos. Por poucos detalhes que eu consegui reconhecer alguns prédios do filme, a sua localização real. Brasília estava na tela de uma forma tão bonita e fiquei feliz pelo Museu Nacional de Brasília ter ganhado tamanha importância e tamanho design inovador e futurista.

André mostra durante a sua jornada pela cidade que estava destinado a um objetivo inicial: Visitar novamente a sua família no Rio de Janeiro. As surpresas aparecem e simplesmente uma das cenas mais emocionantes também, principalmente ao som tocado pela personagem Clarice. Era uma missão que nem todos que fossem distinados a ela conseguiriam realizar. Ví lágrimas nos rostos à minha volta. Eram lágrimas de emoção verdadeira que em nenhum outro filme que ví, consegui observar isso.

Nosso Lar estreia no proxímo dia 03 de setembro, nesta sexta-feira. É algo que eu recomendo a todos os que estão lendo e também recomendo levar aos cinemas de todo o Brasil aqueles que são e que não são espíritas e com certeza também vão se emocionar ao ver as cenas de um mundo melhor que nós espera e que “o mundo precisa de gente melhor” a cada dia.
"

Márcio Henrique – da equipe do Blog da Mocidade

- - -

"Sempre que um filme se origina de um livro ouvimos os mesmos comentários, e sempre em desfavor do filme… São meios de comunicação totalmente diferentes. E o amante das letras, assim como o do cinema, consegue contextualizar bem e colocar cada um em seu brilhante lugar.Com a proximidade da estreia do filme Nosso Lar, cada espírita colocou ali a esperança de ver na tela sua passagem preferida, aquela que marcou os seus anos de leitura da obra mediúnica. Assim foi comigo também.E tive belíssima surpresa.O filme é leve, sem deixar de ser profundo; é emocionante, sem ser piegas; registra profundo respeito à pessoa, independente de sua religião.As adaptações que incluíram Emmanuel; a bela empregada, sintonizada com a realidade espiritual, como Ismália, e a menção maravilhosa ao nosso Chico Xavier foram perfeitas e enriqueceram a história e a mensagem.Saí da sessão com a alma leve e a certeza de que esse barco tem timoneiro, ou, nas sábias palavras de Voltaire, “o mundo me intriga, e não posso imaginar que este relógio exista e não haja relojoeiro…”.

Gisele Brandão – equipe do Blog da Mocidade

http://blog.cefak.org.br/?p=1020

Faltam 4 dias...

Crédito da Foto: Ana Cristina de Recide - PE


De São Paulo - Capital

Na UEDVL Em João Pessoa

UENDVL


Ingressos antecipados


A Cidade de Nosso Lar em maquete


A Muralha da Cidade



Crédito das fotos: Jéssica Lobo e Sílvia Bandeira

Faltam 4 dias...

Enviada por Eliana Chaves, Rio de Janeiro - RJ:



Crédito da Foto: Eliana Chaves

29 de ago de 2010

No Diário do Nordeste


24 de ago de 2010

Nosso Lar Pelo Brasil

Enviada por André Mathias, Rio de Janeiro - RJ:

Crédito da Foto: André Mathias

23 de ago de 2010

Valeu Carlão!

O incansável Carlos Tenório, que participou do elenco de Nosso Lar, ajudando a divulgar o filme agora em Barra do Piraí - RJ.



18 de ago de 2010

E o trabalho continua!

O ator Carlos Tenório, que faz parte do elenco de Nosso Lar, ajudando a divulgar o filme no estado do Rio.

16 de ago de 2010

Ingresso de Nosso Lar

Enviado por Deborah Christie, Rio de Janeiro:

Crédito da Foto: Deborah Christie



Enviado por Ethel Davidson, Rio de Janeiro:

Crédito da Foto: Ethel Davidson

13 de ago de 2010

Nosso Lar na Bienal

Todos estão convidados, no final de semana, a visitarem o estande da FEB! Lançamento oficial da edição especial do livro e a compra antecipada de ingressos!






Venda antecipada no quiosque da Ingresso.com

Palestra no Centro Espírita Perseverança

Um dos maiores Centros do Brasil, o Perseverança, reuniu mais de 5 mil pessoas ontem em seu auditório. O diretor Wagner de Assis falou sobre o filme e mostrou o material de making of.

Dona Eunice


Wagner de Assis




11 de ago de 2010

Nosso Lar Pelo Brasil

Enviada por Barbara Rosa, Campo Grande - MS:

Crédito da Foto: Barbara Rosa

9 de ago de 2010

Nosso Lar Pelo Brasil

De João André, Jacareí - SP:

Crédito da Foto: João André

6 de ago de 2010

Nosso Lar Pelo Brasil

De José Carlos de Moraes, Carapicuíba - SP:

Crédito da Foto: José Carlos de Moraes

3 de ago de 2010

30 Dias

Luz a 24 quadros por segundo...

Faltam trinta dias para os projetores de cinema do Brasil dispararem um canhão de luz nas telas. Trinta dias para que o sonho se torne realidade plena, encontrando o motivo de sua existência – o público.

Para muitos de nós, que participamos da produção de Nosso Lar, este é muito mais do que um filme. Pode mesmo ser aquele amor desmedido, paixão egoísta, que não permitem que vejamos “o todo” sem a emoção. Afinal, foram quase cinco anos de drama e aventura, emoções únicas e sensações inesquecíveis. Lições pessoais. Aprendizados em grupo. Ninguém passou incólume. Assim, não foi difícil entender que Nosso Lar é um projeto diferente.

Cada dificuldade vencida, cada alegria nascida, mostravam-nos a força desta história. Isso tudo faz com que ela não seja somente uma história. Tem força e valor. Um livro poderoso. Um tema universal. Vida depois da vida? Amor e perdão? Uma cidade espiritual? Histórias felizes? Claro que muitos acreditam num propósito maior, um ideal de uma doutrina científica, filosófica e religiosa que transcende as barreiras da arte cinematográfica, para tudo o que estamos vivendo. Ao mesmo tempo, colocamos nossos pés no chão à frente de um desafio muito claro – que o filme seja visto por muitas pessoas.

Eis então a necessidade do mundo material. Sermos muitos. Por muito tempo. Este propósito, este ideal, artístico, comercial e mesmo espiritual, nasce enfim deste “canhão de luz” que será disparado. Uma bela metáfora para que cada fotograma do filme possa falar diretamente aos corações e mentes, e olhos abertos!, que estarão acompanhando-o. Mas para isso é preciso trabalhar. Ousar. Divulgar. Não se calar. Pelos próximos trinta dias, que os ventos, as águas, a eletricidade e as palavras de cada um possam ressoar pelo Brasil, este coração do mundo. Nosso Lar vem aí no dia 3 de setembro! E é neste dia que começa uma nova história, escrita por vocês, que estarão sentados em frente às telas.

Que cada um, ao ler esta mensagem, ou ver qualquer informação sobre o filme pelas redes de comunicação, passe adiante. Compartilhe com seu companheiro, amigo, vizinho, que há uma luz que será acesa. Nós, que vivemos essa história, já sentimos o quanto ela mergulha no fundo de nossas almas. Abre emoções e lembranças que nem conhecíamos. Em muitos, desperta. Em outros, consola. Emociona.

Espalhemos a boa notícia então! Sem medo, sem receios. Há uma luz física que vai se fundir à Luz, com letra maiúscula. Não é uma onda que vem por aí. É uma nova sintonia, uma nova energia. Não é um rótulo. Mas todos os rótulos que, juntos, se complementam e se encontram.

Filmes são apenas filmes, por certo. Mas, às vezes, filmes são formas de luz projetadas a 24 quadros por segundo. Que impregnam nossas retinas, entram pela nossa alma adentro e nos enchem de luz.
Agradecemos desde já. Sempre. E muito. Pela multiplicação da mensagem que o filme existe. E pela multiplicação da luz, a partir do dia 3 de setembro.

A Produção

Nosso Lar Pelo Brasil

Tassiely Karine de Cuiabá - MT:

Crédito da Foto: Tassiely Karine

2 de ago de 2010

Da Série: Nosso Lar é Um Filme Diferente? Por que?

Claro que "Nosso Lar" é um filme diferente.

"Para começar, pelo tema, embora muito presente no cotidiano de nossa gente, tem ar de inédito, e por ser tratado de forma tão profunda, e ao mesmo tempo, tão delicada.

E, no caso da música, quem não gostaria de estar ao lado do primeiro time de trilhas para cinema - daqui e algures - e ainda por cima, ao final, se emocionar com o som de uma orquestra sinfônica - temas tão belos - conduzida com tanto talento?

Sobrevivemos a tudo. Nem o dilúvio das águas de abril nos afogou. Agora, tenho certeza, depois de tanto trabalho, tanto esforço, tudo irá conspirar a favor.

Vinicius França
Produtor musical