29 de ago de 2010

No Diário do Nordeste


5 comentários:

  1. Adorei a entrevista!

    As palavras do diretor Wagner de Assis aumentaram ainda mais minhas expectativas...

    ResponderExcluir
  2. Acho que a FOX vai ter um trabalhão pra distribuir "Nosso Lar" depois da estréia!

    ResponderExcluir
  3. Antonio Acácio Bomfim5 de setembro de 2010 17:43

    Assisti o firme no dia 29 no Iguatemi Fortaleza, adorei!, uma excelentíssima obra de arte, vai ser um sucessão e deve ser pra ir pro mundo inteiro.

    ResponderExcluir
  4. Apenas para reflexão:
    Carta ao Hebreus (9,27) diz: “E como é fato que os homens devem morrer uma só vez depois do que vem um julgamento…”

    Sobre a reencarnação podemos afirmar que em nossa memória não se encontra vestígio de pretensas existências anteriores; por isso o espiritismo opõe o dogma da ressurreição dos corpos: nosso Deus é bastante poderoso para restituir a cada alma o seu próprio corpo.

    Vamos pensar um pouco:
    “Quando castigo o meu filho ou o meu servo, antes de lhe infligir a punição, repito-lhe várias vezes o motivo pelo qual o castigo e recomen­do-lhe que não o esqueça para que não recaia na mesma falta. Sendo assim, Deus, que estipula… os supremos castigos, não haverá de escla­recer os culpados a respeito do motivo pelo qual Ele as castiga? Haveria de lhes subtrair a recordação de suas faltas, dando-lhes ao mesmo tempo a experimentar muito vivamente as suas penas? Para que serviria o castigo se não fosse acompanhado da recordação da culpa? Só contri­buiria para irritar o réu e levá-lo a demência. Uma tal vítima não teria o direito de acusar a seu juiz por ser punida sem ter consciência de haver cometido alguma falta?”

    Deus abençoe a todos e salve Maria!

    ResponderExcluir
  5. Moro em POA/RS, apos assistir ao filme de Chico Xavier, me surpreendi mais uma vez como o cinema brasileiro que esta cada vez melhor. Parabéns a toda equipe que fez o filme, simplesmente emocionante e muito original.
    Fiquei observando a reação do público após o termino do filme e parece que as pessoas n tem vontade de ir embora, sensacional. Um Abraço. Anne

    ResponderExcluir